domingo, 2 de agosto de 2015

Propaganda



Em 2014 a Mercedes vendeu 1 650 000 unidades no mundo inteiro.

Um aumento de 13% em relação ao ano anterior.

Sim, a Fórmula 1 ajuda.

sábado, 1 de agosto de 2015

Régua T




























Bom dia petrolheads!

Imagem anterior ao salto tecnológico.

Ainda em 1982 as coisas na F1 eram assim: tudo no lápis!

Não devia ser fácil para a equipe de designers da Renault na fábrica em
Viry-Chatillon.

Rascunho de Férias

























































Imagem da família de Raikkonen na estrada.

Tipo isso.

Férias.

Fábricas fechadas.

Ou quase isso.

Em seu dia de filmagem, a Toro Rosso aproveitou para afinar seu carro
no novo procedimento de largada.

Max Verstappen fez as honras em Ímola.

Enquanto que Sainz continua sem contrato para o ano que vem.

Sabe quem voltou?

Flavio Briatore.

Calma.

Estamos falando de Futebol.

O empresário italiano foi contratado para desenvolver a marca da Sampdoria.

Baku diz que está pronta!

E Monza ainda depende dos humores da FIAT para sobreviver.

O prazo para inscrição de novas equipes na Fórmula 1 foi adiado.

Bernie espera pela Renault e ainda acena com mais de 10 milhões de euros
como sinal de boa vontade.

Renault que manteve reuniões fechadas com a Sauber na Hungria.

Valtteri Bottas anda irritado com tantos rumores sobre sua ida para a Ferrari.

Na Bota, alguns falam que a Scuderia Italiana vai renovar com Raikkonen e
apresentar um novo contrato para o projetista James Allison.

O que está pegando é o valor pedido pela Williams.

O Tordo diz que os vermelhos estão blefando (pois querem Bottas).

E quem dá a palavra final não abriu a boca.

Estamos em agosto.

Não tem nada acontecendo na Fórmula 1!

sexta-feira, 31 de julho de 2015

March


























Bom dia petrolheads!

Ronnie Peterson na Espanha.

1972.

terça-feira, 28 de julho de 2015

Vortex




















Repare como o ar gira sob o comando da asa dianteira do bólido da Mercedes.

Um espetáculo!

segunda-feira, 27 de julho de 2015

Notinhas de Segunda











































Apenas algumas coisas.

Resquícios.

Menos que um rascunho.

Todos nós vimos como as Mercedes saíaram mal.

A verdade é que os alemães já estavam testando o novo procedimento de largada
que será obrigatório a partir de Spa-Francorchamps.

Sem a ajuda dos pits a coisa complicou.

Com a Ferrari tão agressiva (e vindo com tanta sede) poderemos ter muitas surpresas
no restante do campeonato.

Tomara!

A conceituada Auto Motor Und Sport fala em Toro Rosso com Honda e Red Bull
com Mercedes!

Duas perguntas.

Por que a transmissão de TV ignorou a corrida de Sebastian Vettel?

Ecclestone e Ferrari de mal?

Pastor acha que os comissários estão muito rigorosos.

Saiba que Maldonado, com as punições, já possui 6 pontos na carteira.

Lembrando que com 12 o piloto é suspenso por uma corrida.

Achando que o time favorece Verstappen,  Carlos Sainz chutou o balde na Toro Rosso.

OK.

Talvez por este motivo o italiano Luca Ghiotto (atual líder da GP3) esteja no topo da lista
de aquisições de Helmut Marko para a família dos energéticos.

Williams?

McLaren diz estar tranquila pois Button está sob contrato.

Frase do dia.

"Eu quero ficar, mas não depende de mim."

Raikkonen, Kimi.

41 x 41 em vitórias.










































Arrisco dizer que o mito brasileiro ficará para trás ainda nesta temporada.

domingo, 26 de julho de 2015

Paixão!











































Mille Miglia 1954.

Rascunho Hungaroring




















A alegria italiana!

Interessante a largada do GP da Hungria.

Se continuar assim as Mercedes sofrerão até o final desta temporada.

Ou alguém acha que haverá sempre um safety car para salvar a pátria?

Nós agradecemos por tanta emoção.

Kimi Raikkonen estava muito bem.

Assim como Valtteri Bottas.

Problemas extras diminuíram o brilho dos finlandeses.

Massa não se achou com o carro.

Alonso e Button, remando, tiveram seus trabalhos recompensados.

Pobre Rosberg.

Foi melhor que seu companheiro que cometeu mais erros por conta própria.

O novo Lewis precisa matar de vez o velho e ansioso Hamilton.

Sebastian Vettel faz sua equipe se apaixonar.

Perfeito.

Dedicado ao extremo (após o funeral de Bianchi, foi direto para o simulador na sede),
faz a Ferrari sonhar.

No mais.

Apesar do desejo do piloto, Felipe Massa ainda não assinou com a Williams.

Não há contrato para o ano que vem.

As partes  ainda não se reuniram para discutir qualquer coisa.

Daniel Ricciardo hesita em assumir um compromisso longo com a Red Bull.

E a Renault (mais perto do que nunca de ter novamente um time próprio) conversa
com o australiano.

Ricciardo é ambicioso (não quer ser coadjuvante) e quer brigar pelo título um dia.

Por isso deixa todas as portas abertas.

Surpreendentemente, Jenson Button abriu negociações com a Williams.

A mudança não é vista com bons olhos pela McLaren.

Ron Dennis prefere ver o campeão de 2009 em seu time ou aposentado!

Nem que tenha que pagar por isso.

sábado, 25 de julho de 2015

Avulsas



























Diversidade na escolha dos circuitos.

De cima para baixo.

As obras no Hermanos Rodriguez.

Duas da Cidade do Cabo exibindo o traçado e o cenário exuberante.

E Lingotto, a pista no teto da fábrica da FIAT.

Rascunho Hungria




















Hungaroring, 2008.

O desespero que causa a sensação de estar perdendo um campeonato.

A história da Fórmula 1 (falando de seus protagonistas) nos anos seguintes mudaria
a partir dali.

A Lotus, com muitas dívidas (pagou a Pirelli instantes antes dos treinos classificatórios),
poderá ter seu destino sacramentado pela Renault nos próximos dias.

O acordo de compra e venda parece bem próximo.

Renault que anunciou que deixará de apoiar a Fórmula Renault 3.5 no ano que vem.

Além das razões comerciais, a marca francesa deverá focar esforços na nova Fórmula 2.

Entretanto a categoria 2.0 da World Series será mantida.

Já viu a casa da Haas?

























" Não há nada de novo para dizer. Não há nada confirmado. Como piloto você
quer que as coisas estejam resolvidas o mais rapidamente possível, mas às vezes
você precisa esperar ".

Palavras de um ansioso Valtteri Bottas.

A proposta da Ferrari está sobre a mesa de Claire Williams esperando sua assinatura.

Falando nisso, Jenson Button já olha com esperança para os lados de Grove.

Ele nega.

Mas a recente viagem feita por Ron Dennis e Kevin Magnussen até a Dinamarca
para conversar com grandes patrocinadores, deixa claro que a vaga de companheiro
de Fernando Alonso está aberta.

Por fim.

Lidar com os aeroportos também faz parte do negócio.